Pandemia já matou pelo menos 2,93 milhões de pessoas em todo o mundo