Quase 600 portugueses levantaram o C. de Cidadão e Passaporte em Caracas

Quase 600 pessoas levantaram o Cartão de Cidadão e passaporte, numa jornada de apoio aos cidadãos com nacionalidade portuguesa, que ocorreu sábado no Consulado Geral de Portugal em Caracas, Venezuela, disse hoje o cônsul-geral de Portugal à Agência Lusa.

© Consulado Geral Português

“Tivemos cerca de 600 pessoas, que levantaram o Cartão de Cidadão e o passaporte. Alguns utentes não puderam fazer o levantamento porque o cartão já tinha sido emitido há mais de um ano”, explicou Licínio Bingre do Amaral.

O cônsul-geral explicou ainda que “foi um sucesso, correu bem” e mostrou-se “satisfeito” com o trabalho dos funcionários, que mostraram toda a disponibilidade.

Também informou que vão realizar-se novas jornadas especiais para entrega de documentos, que vão decorrer durante “quatro sábados”, entre as 07:30 e as 16:30 (11:30 e 21:30 horas em Lisboa).

Por outro lado, anunciou que a 09 de junho o Consulado Geral de Portugal em Caracas vai realizar uma permanência consular em El Junquito (sul de Caracas), e nos dias 21 e 22 em Barcelona (320 quilómetros a leste de Caracas).

Por outro lado, para julho estão previstas permanências consulares em Los Teques e em Cátia La Mar, a sul e norte de Caracas, respetivamente.

Questionado sobre as queixas de utentes que dizem ter dificuldade para fazer marcações para pedir o Cartão de Cidadão, Licínio Bingre do Amaral explicou que o Consulado atendia 600 pessoas por dia, mas que essa média caiu para 200, devido às limitações impostas pela pandemia da covid-19, desde março de 2020.

Fonte: Noticias ao Minuto/Lusa