Variante Delta já representa 70% dos novos casos em Lisboa e Vale do Tejo

Um dado revelado pelo especialista João Paulo Gomes.

© Getty

A variante Delta, que foi inicialmente identificada na Índia, já representa 70% dos novos casos de infeção pelo novo coronavírus em Lisboa e Vale do Tejo (LVT), relevou esta terça-feira o especialista João Paulo Gomes em declarações à RTP3.

O coordenador do estudo de variabilidade genética do SARS-CoV-2 admite ainda que a predominância desta variante do vírus pode até ser mais elevada na região de Lisboa. 

“Tudo indica que para o concelho de Lisboa [os dados] sejam claramente acima de 70%”, disse. 

O investigador adiantou ainda que a prevalência da variante Delta no Norte também aumentou. “Já não estamos a falar de 15% mas sim de pelo menos 20%”, detalhou João Paulo Gomes. 

De recordar que a Índia reportou, esta terça-feira, uma nova variante do novo coronavírus – a que deu o nome de Delta Plus -, ainda mais transmissível que a mutação Delta original. 

A situação epidemiológica em Portugal tem-se agravado em resultado do aumento do número de infeções, sobretudo em Lisboa e Vale do Tejo, região que concentra a maioria dos novos casos. O Governo determinou a proibição de entrada e saída da Área Metropolitana de Lisboa (AML) aos fins de semana. Lisboa, que já cruzou as linhas vermelhas que determinam as fases de desconfinamento, deverá dar um passo atrás esta semana.

Fonte: Noticias ao Minuto