João Ferreira sobre vídeo polémico: TAP está “a sofrer uma lowcostização”

João Ferreira, candidato da CDU à Câmara Municipal de Lisboa e eurodeputado do PCP, reagiu, ontem, ao polémico vídeo que está a circular nas redes sociais, no qual dois responsáveis dos recursos humanos da TAP falam sobre um alegado recrutamento em Madrid. 

“O diretor de recursos humanos da TAP e o amigo (outro alto quadro da TAP), depois de chantagearem centenas de trabalhadores, ameaçados de despedimento, foram aos saldos, a Espanha”, começou por atirar o comunista, num comentário partilhado na sua conta oficial do Twitter. 

Para o candidato autárquico, o vídeo é uma “abjeção” que “confirma que a TAP não tem trabalhadores a mais”.

tweet
getty images

No vídeo em causa, que circula nas redes sociais, pode ver-se Pedro Ramos, diretor de recursos humanos da TAP, em Madrid, com João Falcato, direito de recursos humanos da Manutenção & Engenharia. Os dois responsáveis admitem estar a recrutar pessoas para a TAP, nomeadamente para chefe de carga.

Entretanto, a administração da companhia aérea portuguesa decidiu abrir um inquérito seguido dos procedimentos disciplinares aplicáveis aos dois responsáveis dos recursos humanos que aparecem no vídeo. 

O Governo já reagiu também às imagens, através do Ministério das Infraestruturas e da Habitação, que se mostrou  “indignado” com a situação. Já o ministro da tutela, Pedro Nuno Santos, pediu “recato e sensibilidade” para a situação na TAP.

Fonte: Noticias ao Minuto